Assine a Newsletter

Sucesso! Verifique a sua caixa de E-Mail

Para completar a Assinatura, clique no link de confirmação na sua caixa de correio. Se não chegar em 3 minutos, verifique por favor a sua pasta de Spam.

Ok, Obrigado
AIMA atrasa envio de títulos de residência renovados
Foto: Reinaldo Rodrigues / Global Imagens.

AIMA atrasa envio de títulos de residência renovados

O DN Brasil recebeu relatos de brasileiros e outros imigrantes que esperam, alguns há mais de seis meses, pelos títulos de residência já renovados.

DN Brasil profile image
por DN Brasil

Texto: Amanda Lima

Brasileiros e outros imigrates esperam há meses pelos títulos de residência renovados. Em alguns casos, a espera já passa dos seis meses. É o caso da brasileira Kenia R e dos filhos de 13 e 9 anos. A renovação foi efetuada no dia 18 de janeiro no Instituto dos Registos e Notariado (IRN) de Póvoa do Varzim. “Nenhum chegou até hoje”, conta ao DN Brasil. Mais do que o atraso, a imigrante critica não conseguir contato para saber o motivo da demora. “Já enviei vários e-mails, fiz reclamação no livro amarelo, no portal das queixas e no site da AIMA, mas não tive nenhuma resposta”, relata.

A brasileira também já efetuou milhares de ligações para contatos da Agência para a Integração, Migrações e Asilo (AIMA). Em apenas um dia, foram mais de mil. A urgência tem justificativa adicional: Kenia está em tratamento oncológico e tem medo de perder o acesso ao sistema de saúde. A imigrante, que, como muitos, utiliza grupos nas redes sociais para troca de experiência, relata já ter visto casos de prejuízo.“Aqui em Portugal cada órgão faz o que quer, mesmo com decreto não querem saber pessoas perdendo o número do utente por não ter recebido a residência atualizada”, conta.

O DN Brasil recebeu relatos semelhantes, relacionados com os títulos da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), que não possuem um mecanismo de renovação. A brasileira diz não entender o motivo do atraso. “É muito frustrante, porque é a segunda residência, eles já tem todas as informações no sistema”, explica.

O atraso já foi alvo de protestos de imigrantes na sede da AIMA em Lisboa nos últimos meses. Além da demora, reclamam da falta de conseguir informações nos contatos da agência, seja por telefone ou e-mail. O DN Brasil questionou a AIMA sobre o motivo dos atrasos, mas não obteve resposta.

dnbrasil@dn.pt

DN Brasil profile image
por DN Brasil

Subscreva a Newsletter

Sucesso! Verifique a sua caixa de E-Mail

To complete Subscribe, click the confirmation link in your inbox. If it doesn’t arrive within 3 minutes, check your spam folder.

Ok, Obrigado

Ler Mais